domingo, abril 24, 2016

Sono - de Haruki Murakami




Esse livro me chamou a atenção, de cara, pela capa. Dei uma folheada e vi as belas ilustrações, de Kat Menschik. Ele tem uma bela apresentação. Cada detalhe é muito bem feito. A gramatura do papel, o tamanho da letra, tudo torna o livro muito agradável de ler. Fora isso, a história é um conto bem envolvente, tanto que comecei a ler já tarde da noite, "enquanto não vinha o sono" e acabei só sossegando quando terminei, acho que em menos de duas horas. Na verdade, nem tenho muita noção do tempo que levei. Mas foi bem rápido. 






A descrição do livro no site da Saraiva diz:
"É o décimo sétimo dia que não consigo dormir.”
Ela era uma mulher com uma vida normal. Tinha um marido normal. Um filho normal. Ela até podia detectar algumas fissuras nessa vida aparentemente perfeita, mas nunca chegou a pensar seriamente nelas. Até o dia em que deixou de dormir. Então, o mundo se revelou. Um mundo duplo de sombras e silêncio; um mundo onde nada é o que parece. E onde ela não pode mais fechar os olhos.





Então, o livro conta a história de uma mulher de trinta anos, dona de casa, com sua vida regrada, girando em torno de cuidar do filho e do marido. Tudo vai aparentemente bem, até que ela para de dormir. E o mais interessante é que não sente sono, não se sente cansada. Pelo contrário, sente-se com mais disposição do que nunca. Então, ela não conta para ninguém que está dezessete dias sem dormir. E percebe que as noites sem sono algum podem ser um tempo para fazer apenas o que tiver vontade. Um tempo para ser livre e, por que não, para se reencontrar com ela mesma. 

As ilustrações da artista alemã Kat Menshik transmitem o clima surrealista e a sensação perturbadora vivida pela personagem
A história é interessante e tem um final aberto (não é spoiller, só um aviso! rsrs), como um verdadeiro sonho, que a gente acorda de repente. Mas cabe a cada um fazer a sua interpretação dessa história cheia de metáforas. 
O fato é que o livro está longe de ser uma história bestinha ou rasa. Tem uma profundidade, um lado psicológico. As reflexões dessa mulher acerca da vida, da rotina... o que a rotina faz com nossa vida, com nossos sentimentos... 
E dando uma olhada aqui na internet achei um outro blog com uma crítica belíssima sobre o livro e ela traz um resumo perfeito da mensagem trazida por Murakami nesta história:
                       "A rotina é a morte do ser. A rotina é o adormecer da alma.
                                   O adormecer da alma é a morte do ser."
Diante de uma mensagem tão forte, não há como ficarmos indiferentes e não fazermos uma reflexão com essa leitura. Mais uma vez, é como um sonho que mexe com a gente ainda por um tempo após o acordar. Seria interessante trocar impressões com mais pessoa que tenham lido. Se você leu, não deixe de fazer seu comentário! ;) Bjo, pessoal!

domingo, abril 17, 2016

Meu olhar sobre a Av. Paulista.

Eu e o marido fomos passar uma semana em São Paulo no final de fevereiro. Foram poucos dias mas aproveitamos intensamente e  eu, que não conhecia ainda a cidade, saí de lá satisfeita por ter conseguido ver tanta coisa! Mas é claro que ainda pretendo voltar muitas vezes!
Antes de mostrar um pouco sobre o meu primeiro passeio pela Av. Paulista, queria falar deste guia da cidade de São Paulo, que se chama São Paulo, Literalmente, de João Correia Filho. Ele não é o tipo do guia mais prático, pois é um livro bem volumoso. Mas traz bastante informação histórica e faz um paralelo entre a cidade e a história da nossa literatura, além de trazer belíssimas fotografias, todas tiradas pelo próprio autor. Achei um livro muito bem feito e interessante, tanto que o devorei praticamente num só dia. Algumas poucas informações estavam desatualizadas, porque a edição, salvo engano, é de 2014. Mas mesmo assim, foi um ótimo guia. 

Esta foto tirei quando paramos no bar da Brahma, que fica localizado bem no cruzamento da Av. Ipiranga com a Av. São João, eternizado pela música Sampa, de Caetano. 

Nós chegamos em São Paulo no dia 24 de fevereiro, exatamente no dia do show dos Rolling Stones, que assistimos, lá no estádio do Morumbi. Chegamos de manhã, perto da hora do almoço, e passamos a tarde andando pela Av. Paulista. Andamos da Consolação, onde ficava o hotel, até a Casa das Rosas, próxima à estação Brigadeiro. 
Como é bela a Av. Paulista! Difícil não se encantar! Uma das coisas que achei mais bacanas em São Paulo foi ver como a cidade é arborizada e possui lugares que são verdadeiros oásis, em meio a seus arranha-céus. E como o velho e o novo se encontram lado a lado. Esse casarão abandonado, da foto abaixo, por exemplo, com seu minarete apontando o céu, remete-nos ao tempo em que a Av. Paulista era tomada pelos casarões dos grandes barões do café. Um desses casarões é Casa das Rosas, que como o nome diz, tem um belo roseiral, e em seu interior abriga um espaço dedicado à poesia concreta. Quando fomos estava acontecendo a exposição Um Corpo Estranho, que aborda a vida e obra de Franz Kafka.



Outro lugar que chamou minha atenção na Av. Paulista foi esta igreja, que fica ao lado do Hospital Santa Catarina. Tem uma capela bem pequenininha e uma bela fachada com arcos em forma de abóbadas góticas e pinheiros, em estilo bem europeu.



Quanto aos oásis que falei, um dos principais na Av. Paulista é o Parque Trianon, que fica em frente ao Masp.





Quando saímos do parque, já no final da tarde, começou uma chuva boa e voltamos abraçados e enrolados no meu cardigan (ownnnnnn) Mas são mesmo essas coisas que tornam os momentos ainda mais inesquecíveis.

Por fim, é claro que também me encantei com a modernidade da Av. Paulista e toda sua grandiosidade, como símbolo da maior cidade do nosso país. Mas achei interessante postar essas imagens que mostram um outro lado do coração de São Paulo, mais bucólico até, e tão cheio de poesia e beleza.
Espero que tenham gostado! 

terça-feira, abril 12, 2016

#alokadosgatos

Pessoal, não é novidade que eu amo gatos e, por conseguinte, coisas com gatos, como roupas, bijus, frescurinhas aleatórias. E aí que hoje eu vi este moletom:


E acontece que, mesmo morando em Recife, que é quente pra caramba, e já tendo meus trinta e poucos anos, não resisti. Será que eu sou doida, gente?

Se você sofre da mesma doença que eu, pode clicar aqui (ou não rsrs)

segunda-feira, abril 11, 2016

@ap2501


E então, depois de tanto tempo sonhando, de tanta indecisão, finalmente, encontramos o nosso apê! Recebemos as chaves. E aí veio outro dilema:  fazer reforma ou se mudar na cara e na coragem, sem fazer nada? Contratar arquiteto ou fazer as coisas por nossa conta? Como o apartamento é novo, achamos melhor contratar uma arquiteta e no momento estamos aguardando a entrega do projeto executivo para começarmos as obras. A ansiedade é enorme! A gente não vê a hora de se mudar pra o nosso cantinho! Mas é claro que depois de tanta espera, nós queremos que seja tudo do jeitinho que sempre sonhamos! 
Para curtir melhor essa fase de preparativos, resolvemos criar um perfil no instagram para compartilhar o andamento da reforma e as nossas inspirações de decor. Por enquanto tem pouca coisa, mas logo logo vai estar cheio de novidades. 
A princípio, um estilo de decoração que nos chamou bastante atenção foi o escandinavo, pois é simples e ao mesmo tempo sofisticado, meio minimalista mas ao mesmo tempo aconchegante. Tem um toque retrô, mas também é atual e estiloso. Enfim, eu estou apaixonada por esse estilo. E vimos alguns outros apartamentos que seguem essa linha e também têm perfil no insta como o @apartamento.33 e o @apartamento84 , super inspiradores! 
@ap2501 é um apartamento de 66m² com uma vista linda, bem iluminado e ventilado, uma graça. É uma folha em branco, novinha em folha, e pretendemos colocar nela a nossa cara e transformá-la num lar aconchegante, lindo e feliz! Convido vocês para acompanhar essa história seguindo a gente e também com as postagens que vou fazer de vez em  quando por aqui! ;) 


domingo, abril 10, 2016

Fim de semana fotográfico

Este sábado fiz o ensaio fotográfico de gravidez de minha amiga e comadre Ceci. As fotos foram na bela praia do Paiva, cenário sempre perfeito. Taí pra vocês não dizerem que estou mentindo! :)


Registrar momentos especiais assim é uma das coisas que acho mais mágicas na fotografia. É, de uma certa forma, fazer parte dessas histórias. E quando se trata de pessoas que já são parte de nossas vidas, pessoas que amamos, aí é uma felicidade imensa! 
Mas é claro que sempre é uma grande responsabilidade! Confesso que estava bastante ansiosa, até porque fazia um tempo que eu não fotografava, a não ser pelo celular (o que é bem diferente). Como minha câmera quebrou, usei emprestada a Nikon D3100 da minha cunhada. 
(Eu sei, tô uma fotógrafa meio peba sem ter câmera própria nem nada rsrs Mas isso vai mudar em breve, se Deus quiser!)
Bom, fomos pela manhã fazer o ensaio. Depois vi que devíamos ter marcado ainda mais cedo, porque o sol fica logo forte, o que atrapalha um bocadinho na hora de fazer essas fotos ao ar livre. Próxima vez vou marcar de sair de madrugada de casa! rsrs Também rolou um estressezinho porque esquecemos o balão azul com formato de coração, que Ceci havia comprado para usar no ensaio.  Mas não é que apareceu um pessoal com um balão idêntico lá na praia e eles nos emprestaram? Ou seja, acabou tudo dando certo e ficamos todos felizes com o resultado!



Felizes com  o balão! :)

Depois da maratona de fotos, fomos relaxar num bar/restaurante super legal nas marinas do Paiva. Peço perdão porque não reparei no nome do lugar, mas realmente é muito bom lá. E nós demos a sorte de ir num dia bem tranquilo. A moça que nos atendeu disse que lá é mais calmo nos sábados de manhã. Ficamos um bom tempo lá sozinhos, com a piscina só pra a gente, com privacidade, super tranquilo. Além disso, a piscina limpa (o banheiro também), o local super agradável, com uma música boa tocando (MPB) e uma vista linda. Sem falar na comida, é claro! Caldinhos deliciosos, caranguejo, moqueca... tudo que pedimos estava muito gostoso!!! 
PS: prometo que ainda vou atualizar este post colocando o nome desse lugar! Por enquanto só sei dizer que fica nas marinas do Paiva. Lá tem um visual incrível  e tem outros bares também.





Maravilha de dia, né? Pra finalizar só tenho a dizer: Bento, você está sendo muito aguardado e já é um menino muito amado!!! Pode vir feliz, porque seus pais são incríveis! Aliás, sua família inteira! E ainda tem muita tia babona te esperando de braços abertos, feito eu aqui! Espero ainda tirar muita foto sua quando você sair da barriga da mamãe! 

E é isso, pessoal! Desejo a todos uma semana produtiva e feliz!!!! 

sexta-feira, abril 08, 2016

#projetoColanaNutri !!!


Hoje eu acordei cedinho pra ir a minha primeira consulta com a nutricionista Juliana Oliveira, que fica num empresarial na Praça de Casa Forte. É um tantinho longe pra mim, que moro em Setúbal, no outro extremo da cidade, mas resolvi seguir a indicação de uma amiga e marquei com ela mesmo assim. 
Antes da consulta eu fiz um exame chamado bioimpedância. Vocês já ouviram falar nele? Nada mais é do que subir numa máquina que pesa a gente e vai escaneando o nosso corpo todo, medindo toda nossa composição corporal: quanto nós temos  de gordura corporal, de massa magra (muscular), se estamos com a quantidade normal de proteínas e sais minerais, se nossa densidade óssea está ok, se estamos devidamente hidratados... é uma leitura bem completa.
Baseado nesse exame e numa boa conversa onde contei sobre meus hábitos alimentares, o que gosto muito de comer (massas, doces.. :P) , os alimentos a que tenho aversão (coalhada, ovo cozido, arghhhh), os que dá pra tolerar, o horário das minhas refeições, etc e tal... enfim, baseado em tudo isso a nutricionista preparou minha dieta do mês lá na hora, comigo. E já disse: este mês ela quer me ver perder cinco quilos! uiiiiiii!!!!
Não vai ser fácil! Eu tenho que perder, no total, 30 quilos! É punk!!!! Mas com disciplina, FOCO e FÉ(como se diz), a gente chega lá!
Hoje rolou despedida das guloseimas no trabalho. As meninas resolveram pedir pizza! rsrs Ainda assim, fui no Empório Pura Vida, lá perto do trabalho, e comprei algumas coisinhas que vou precisar na minha dieta: chia, castanha de caju, damasco seco, vinagre de maçã... e amanhã vou comprar o resto do que precisa no mercado. Detalhe foi que esqueci minha sacola com as coisas no gabinete. Aliás, hoje só não esqueci a cabeça lá porque estava grudada no pescoço. Foi triste...
De qualquer jeito, as turbinas já estão aquecendo e se preparando para decolar. Dessa vez VAI!!!!