quinta-feira, maio 08, 2014

Banda do Mar


Fiquei feliz pra caramba com a notícia que fiquei sabendo pelo facebook da cantora Mallu Magalhães esta semana. Ela, juntamente com o marido Marcelo Camelo e o baterista português Fred Ferreira criaram uma banda chamada (poeticamente, como não poderia deixar de ser) de Banda do Mar. O lançamento do álbum repleto de composições fresquinhas será no segundo semestre, juntamente com a turnê. 
Eu não tenho dúvidas de que será um sucesso, porque fico impressionada com a sintonia entre Mallu e Marcelo Camelo. Não só as vozes, mas o próprio estilo musical dos dois se combinam. No primeiro álbum solo de Camelo, chamado SOU (meu vício) tem a faixa "Janta", já bastante conhecida, onde os dois cantam juntos. Essa música foi inclusive eleita pela revista Rolling Stone Brasil como a melhor composição nacional no ano de 2008. O mais recente álbum de Mallu, PITANGA, foi todo produzido pro Marcelo Camelo. É uma parceria que dá certo, em todos os sentidos.
O engraçado é que antigamente eu detestava Mallu Magalhães e também não era grande fã de Los Hermanos. Mas hoje em dia eu ADORO tanto a Mallu, quanto o Marcelo Camelo. Amo as letras das músicas, a poesia, a musicalidade dos dois... Os detalhes sonoros... a delicadeza. Esse álbum SOU, por exemplo, tem tudo a ver com o nome que recebeu. Ele é pura essência... parece mesmo tão biográfico... Não sei muita coisa da vida pessoal de Marcelo Camelo, mas quando escuto esse disco eu tenho essa sensação, como se fosse a trilha sonora de uma vida. Eu me identifico e me emociono... às vezes fico meio melancólica, é verdade... Mas é lindo. E eu adoro ouvir. Também amo as músicas de Mallu. Ela gosta de misturar trechos em inglês e em português, mas o que eu mais gosto são dos trechos em português, quando ela fala coisas que podem parecer bobinhas até mas são tão puras, tipo "só vou se for com ele, eu tenho medo de avião..." , " só pra constar nos registros por aí que todo meu amor é teu, só pra contar pra quem quiser ouvir, que eu encontrei alguém", "e eu me pergunto o que é que eu sou, mas eu não sou mesmo nada... e eu me pergunto o que é que eu fiz, mas eu não fiz mesmo nada, eu penso tanto em desistir, mas ao final não ganho nada". Ai, ai... é muito amor. Sempre fico romântica quando escuto! hahahaha
O fato é que Mallu anunciou "hoje posso contar o que tenho guardado com euforia". E agora eu é que vou AGUARDAR com euforia! Mal posso esperar para ouvir cada nova canção. :)

Fonte: imagem reproduzida do facebook da cantora Mallu Magalhães. Revista Rolling Stone

2 comentários:

Betty Gaeta disse...

Oi Carolina,
Adorei a notícia. Adoro a malu.
Bjs

Carol Daixum disse...

Confesso que não conheço muito os dois. Mas vou escutar, acho que vou gostar! ;-)

Beijos,
Carol
www.pequenajornalista.com.br