sexta-feira, fevereiro 07, 2014

Frida

 
 
Fim de semana passado eu assisti ao filme Frida, um drama biográfico que conta a história da vida da pintora mexicana Frida Kahlo, a partir de sua adolescência até a sua morte, com base no livro de Hayden Herrera. Acredito que mesmo quem não é muito ligado em artes plásticas já deve ter ouvido falar nessa artista, ou deve reconhecer ao menos sua imagem, com as sobrancelhas fortes, unidas, cabelos presos com flores coloridas, saias longas estampadas, sempre com cores bem vivas. Frida é uma inspiração não apenas por sua obra mas também por seu estilo e sempre desperta o interesse de artistas em geral e também, é claro, dos profissionais de Moda. É comum ver coleções e editoriais inspirados nela. 
 

 
Eu não sabia quase nada da vida de Frida, a não ser de sua paixão por Diego Rivera...Já tinha visto alguns de seus quadros (pela internet), mas quando assisti ao filme pude ter uma noção melhor de como sua obra carrega praticamente a sua alma. É tão forte e verdadeira, tão cheia de sentimento, que emociona. Cada quadro conta uma história da vida de Frida, extravasa seus sentimentos mais profundos, suas dores, sua paixão, seus anseios... É realmente lindo.
 



 
É interessante ver como Frida inspira especialmente as mulheres até hoje. Ela era tão moderna para o seu tempo, tão criativa, tão livre e ao mesmo tempo prisioneira, não só pelas suas limitações físicas, mas por sua paixão por Diego. É lógico que o amor é maravilhoso mas algumas relações são bem complicadas e a de Frida e Diego era dessas complicadas... Fiquei fazendo um paralelo com o comportamento das mulheres nos dias atuais. Somos independentes, emancipadas, modernas, mas quando se trata de relações amorosas nem sempre a coisa muda tanto de figura. Como  não se render às armadilhas do amor? hahahahaha Isso foi bem melodramático agora! (será o espírito mexicano?)
 
Frida e Diego
 
 
Bom, para encurtar a história, o fato é que eu super indico o filme! Ele me fez sentir vontade de conhecer melhor a obra de Frida Kahlo. E me surpreendi com a atuação da atriz Salma Hayek. Ela foi perfeita interpretando o papel de Frida.
 
 
 
 "Pensaram que eu era surrealista, mas nunca fui. Nunca pintei sonhos, só pintei a minha própria realidade". Frida Kahlo
 
 
 

Nenhum comentário: