sábado, julho 10, 2010

Selinhos

Olá, meninas... Nunca mais eu tinha publicado selinhos.
Estou bem atrasada com um que a Maitê, do MaitePetitArt me deu, já faz um tempo (desculpa, Maitê, pelo atraso!)  O selinho foi esse aqui:

E o outro selinho, foi um que a Vívian, do Charme Uai me indicou:

Esse selinho tem uma regrinha interessante, que é a seguinte: a blogueira que recebê-lo, terá que contar nove coisas que as leitoras não saibam sobre ela. Ou seja, agora eu tenho a difícil missão de dizer nove coisas que vocês não saibam sobre mim. Eu nem sei direito por onde começar... Acho que algumas coisas que eu vou falar talvez vocês já saibam... Mas vamos lá!


1ª coisa - toquei piano clássico durante uns dez anos da minha vida! Durante muito tempo eu dizia que ia ser pianista profissional, mas quando chegou a hora de fazer o vestibular eu acabei mudando de ideia. No fundo eu acho que sabia que não era isso que eu queria (passar oito horas por dia sentada em um banco de piano e vendo apenas meu próprio  reflexo de frente pra mim não tem muito a ver com o meu jeito...) Cheguei a participar de concursos de piano e muitos recitais e audições, ocasiões em que meus professores só faltavam me enlouquecer (e minha mãe também, que não largava do meu pé!kkkk) Acho que eu me sentia obrigada a continuar porque foi meu avô quem me deu o meu piano, quando eu tinha oito anos de idade. E depois de tanto tempo estudando, parecia que eu não podia voltar atrás, sabem como é? rsrs Foi uma decisão difícil.

2ª coisanasci em Recife mas morei cinco anos em Belo Horizonte, quando meu pai foi transferido para trabalhar lá. eu tinha oito anos de idade quando fomos para lá e doze anos quando voltamos novamente para Recife. Minha vida lá foi totalmente diferente de como sempre foi aqui! foi uma experiência marcante. Em muitos momentos foi difícil. A adaptação não foi fácil e tive dificuldades em fazer amizades. Afinal, eu era aquela aluna gordinha, com sotaque nordestino e me tornei bastante tímida logo que cheguei... Era aquela boba que ouvia piadinhas dos colegas e não sabia responder... Era triste! rsrs Mas depois que me adaptei ( leia-se - emagreci e começei a falar como uma mineira autêntica) pararam de encher meu saco e eu fiz algumas amizades inesquecíveis. Minha amiga e vizinha Livinha (que hoje casou em mora em Brasília) e algumas amigas também dos colégios em que estudei.  E foi lá também que tive meu primeiro namorado, aos doze anos  (mas isso já outra história! rsrs)

3ª coisa - uma das coisas que prejudicavam minha popularidade na escola quando eu era pirralha, era minha pouquíssima habilidade para educação física! Sempre fui um desastre nessa matéria, por mais que eu me esforçasse! E eu me esforçava realmente. Seguia todas as regras dos jogos, prestava a maior atenção em tudo, fazia tudo direitinho. Mas a bola não ia muito com a minha cara. Se a bola parasse na minha mão, por qualquer motivo (geralmente por acidente! rsrs) eu ficava nervosa e aí errava tudo! Normalmente eu passava para a primeira desesperada que estivesse gritando na minha frente ( AQUI! AQUI! AQUI!  - todas as jogadoras do time ficavam ansiosíssimas para tirar a bola da minha mão o mais rápido possível, não sei por que! rsrs). E às vezes, na angústia para me livrar da pressão, eu acabava passando a bola para uma jogadora do time adversário! kkkk Também tinha vezes que eu queria mostrar que também era capaz de fazer pontos para o time e insistia em levar a bola adiante: o resultado sempre era vergonhoso! rsrs Enfim, educação física nunca foi o meu forte! rsrs

4ª coisaEm matéria de amor, eu posso dizer que começei a sofrer muito cedo! rsrs Com dez anos eu me apaixonei à primeira vista por um coleguinha das aulas de catequismo. Passei três anos o amando perdidamente, mas ele não me via com os mesmos olhos! :/ Ele se tornou meu melhor amigo em pouco tempo. Minha melhor amiga também se apaixonou por ele assim que eu o apresentei. E assim, formávamos um triângulo inseparável e, no mínimo curioso. Todos sabiam que éramos apaixonadas por ele. E às vezes até brigávamos por causa disso. Mas ele não estava nem aí! kkkkk Era aquele crianção (homens são tão imaturos.. rsrs),  que nem pensava em namorar ainda.. Depois eu ainda tive outras paixões platônicas ( e sempre sofrendo mais do que aquelas moçinhas de novela mexicana!  - #drama...),  como o ator Leonardo DiCaprio, por exemplo. Sim, eu era uma daquelas fãs enlouquecidas, que achavam que um dia iam se casar com ele! kkkkk E eu tinha uma coleção enorme de fotos e revistas e até escrevi um diário inteiro inventando uma história de como seria quando nós finalmente nos conhecêssemos pessoalamente e ele se apaixonasse loucamente por mim, é claro. { passado negro}


5ª coisaDepois de fazer meu primeiro vestibular para Direito ne federal e Medicina na UFPE e não passar em nenhum dos dois... (alokaaaaa) , eu começei a fazer o cursinho e decidi que queria tudo menos Direito. {Medicina tinha sido desde o início apenas um delírio - nunca tive vontade nem vocação pra isso! } Aí passei o ano todo cantando, meu pai resolveu que eu devia fazer um show e me surpreendeu com uma data marcada no Teatro Valdemar de Oliveira. Eu não tinha nem uma banda para ensaiar, então começamos a correr atrás de tudo e acabou dando certo. O repertório do show era em sua maior parte composto de músicas minhas. Foi uma experiência bem interessante. Mas depois do show, como os músicos eram profissionais contratados e pagos para tocar comigo, eu continuei sem banda e a poeira acabou baixando, não deu em nada...  No final do ano eu fiz vestibular para licenciatura em música, depois de pensar em fazer para letras, turismo, publicidade e mais um monte de coisas! rsrs Cursei um período na federal, mas depois acabei trancando e fazendo Direito na católica. De volta à vida real e à velha busca pela estabilidade financeira. 

6ª coisaLembram quando eu disse que em Belo Horizonte a vida foi bem diferente de como era aqui em Recife? Uma das diferenças foi que lá eu e minha família moramos em uma casa. Aqui sempre moramos em apartamento.  E a casa onde moramos era bem grande, por sinal. Lá nós ganhamos um cachorro de presente. Era um Husk Siberiano, chamado Mike. Depois, meu pai se empolgou e comprou uma São Bernardo, chamada Bruna. Depois veio Escarlate, também uma São Bernardo. Essa morreu ainda muito novinha, o que nos deixou super abalados... Teve também Elisa, uma Dog Alemão muito simpática e doce, que infelizmente morreu também, da mesma doença que Escarlate. Na verdade, Escarlate foi que morreu da mesma doença que Elisa. Depois veio um monte de cachorros que uma amiga do meu pai passou pra ele. Eram da raça Cocker Spainel: Paty, Sputinik, Luanda e mais um monte, que eu nem me lembro o nome.... Também tivemos Artu, que era um macho de São Bernardo, super tranquilão... Enfim, lá em BH nós tínhamos um canil!!! E eu já fui até  "parteira" de cachorro. Quando Bruna teve filhotes pela primeira vez, eu dormi no canil com ela, acompanhando tudinho. Fazia revezamento de mamada com os filhotinhos (para todos comerem por igual)... era a coisa mais linda do mundo! Ficava eu e minha irmã do meio lá, de plantão. Quando já era de manhã aconteceu uma coisa triste. Eu estava dormindo lá com ela. Aí de repente acordei com ela toda agitada. Quando vi tinha nascido outro filhote. Parecia que já havia terminado fazia tempo! Mas não, ainda tinha mais um. E Bruna estava girando de um lado pra o outro. Vi que o filhotinho parecia morto... Eu fiquei tirando aqueles restos de placenta de de dentro da boquinha dele, massageando o peito dele... Chamei meu pai, desesperada... Meu pai fez até respiração boca a boca no cachorrinho! rsrs Mas não teve jeito! Depois disso eu fiquei me sentindo culpada... com medo que tivesse sido culpa minha, porque eu peguei no sono... 

7ª coisa - atualmente me encontro vinte quilos acima do meu peso normal. Isso me incomoda muito mas tenho tido sérios problemas para fechar a boca. Confesso que sou gulosa pra caramba! Adoro uma boa massa, sou apaixonada por tortas, bolos e afins... Amo aqueles petisquinhos de bar: caldinho de feijão, camarão ao alho e óleo, casquinho de carangueijo.... hummmmm... Aí fica difícil!
Sempre tive problema de ter tendência a engordar. Quando eu engordava e não tinha namorado eu ficava me sentindo super feia e achava que ninguém ia olhar pra mim daquele jeito. Querendo ou não isso fazia eu me esforçar mais para emagrecer... Já com namorado, começei a engordar e fui deixando passar, deixando passar... e hoje estou com o maior peso que já tive! Sei que é importante a gente se cuidar... Sei que me sinto mais bonita quando estou magra. Não vou negar isso, porque seria hipocrisia. Sinto que fico mais confiante assim. Mas acho que aprendi a me sentir bonita também com meus quilinhos a mais. O fato de ter ao meu lado um homem que me ama do jeito que sou ajuda bastante. Mas sei que devemos gostar de nós mesmas independentemente de haver ou não outra pessoa que nos faça enxergar isso. É algo que tem que vir de dentro pra fora. 

8  ª coisa - Morro de medo de avião. Mas amo viajar.... Sei que isso é um problema.  {ehhhh uma coisa com só duas linhas!!!!!}

9ª coisa - Logo depois que me formei em Direito, no final de 2006, fui chamada para trabalhar no Banco do Brasil - um concurso que eu tinha feito em 2003! Trabalhei durante dois anos lá, numa agência movimentada pra caramba, como caixa! É um trabalho difícil, eu lidava diretamente com público e a responsabilidade era imensa. Em 2009 consegui ser chamada para trabalhar no Tribunal de Justiça de Pernambuco. Um concurso que tinha feito antes de entrar no banco {por isso eu consegui estudar! rsrs} . Agora estou completando um ano lá no TJ e fico feliz por estar trabalhando na minha área e com mais qualidade de vida. Mas sei que ainda não posso me acomodar. Então, meu desafio é voltar a estudar. Depois de três anos praticamente sem pegar nos livros, não é nada fácil recuperar o hábito dos estudos. Mas é necessário. Preciso dar o primeiro passo.

Meninas, desculpem eu ter escrito taaaanto!!! Mas é que eu escrevo como se estivesse conversando com vocês, aí me empolgo! kkkk 
Espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre minha vida. (quase que eu escrevo uma biografia aqui!!! hauhauhauhau)

E agora, vou indicar as chiques que vão levar esses selinhos e vão responder a tag também, ok??

Maitê (sei que já tem o primeiro selinho, então, a indicação é para o segundo e responder a tag)  http://www.maitepetitart.blogspot.com/


Venenosa http://www.venenopicante.com

Janaína http://rosachicletemakeup.blogspot.com/

Va http://blogbonequinhadeluxo.blogspot.com/

Carol Burgo http://smallfashiondiary.blogspot.com

Luana http://belasperolas.blogspot.com/


Bjinhos pra vcs!!!

13 comentários:

Viviane Tassi Brabos disse...

Muito legal Carol, adorei sua empolgação na conversa,kkk.

Bjo

Cafofo da Fran disse...

Adorei

carolina rocha disse...

eu sou gulosa também! ainda bem que a genética me deixa magra mesmo assim, kkk

pianoooo? fiquei besta! é lindo demais, carol.
:D

Jacky Simionato disse...

Lindona, parabéns pelos selinhos, viu?
e as ferias? curtindo muuuito?
beejo beejo":"

Natália Malta disse...

Carol, que histórias viu?
Essa do canil foi lindo! Eu também nunca levei jeito com os esportes, só com natação, ai me dei bem!
E que bapho é este de você tocar píano? Cantar? Nossa menina talento da blogosfera, uau!!!
Gostei demais de tuas histórias!

:****

Carol Burgo disse...

Carolzita que legal!!! Pianista ein??? To passada! esses selinhos quer dizer que eu vou ter que escrever tb 9 coisas sobre mim éaaam?? hahahahaha que tarefa difícil!!!!!!!!!!!! assim que eu postar lá no blog eu te aviso!! hhihihih. beijinhoo

Vívian Uai disse...

Carol parecia que a gente estava batendo o maior papo,kkkk cê acredita.Parecia que estavamos mesmo trocando figurinha,achei engraçado que no final vc acabou se formando em direito heim.
E que vc tinha um canil em casa kkkk
Ai ri muito.
E essa historia de 20 quilos ,vamo dar um jeito né,eu tb to enorme,15 quilos acima,eita nois.
Vamos da um jeito nisso,mas so segunda kkkkk
Bjs Charme e otimo sabado.
Obrigada por ter respondido

Carol Burgo disse...

so pra constar q já to fazendo minha lista de 9 curiosidades! hehehe. amanha eu posto!! beijoo

Bonequinha de Luxo disse...

Carol, obrigada pelo carinho,adorei.Sou de BH.Nada melhor que trabalhar no que se gosta e na sua área,bjs, Va.

Monike disse...

Parabéns pelos selinhos

Tatiane disse...

Oi, Carol!
Aqui eh Tati, tua prima preferida! heheheheehehehehehe
Estive por aqui lendo um pouco esse teu blog, e eu adorei! Soube um pouco mais da minha prima... E voce escreve muito bem! Escreve de uma maneira que nos da prazer em ler. Gostei!!!! :)
Beijinhos pra ti, pro meu padrinho e pra toda familia que eu gosto muito!!!

Carol Burgo disse...

Aeeeee! Postei meu selinhooo!!! :) Beijoss =*

Catarina disse...

oi td bein muito legal e interativo seu blog adorei, to seguindo. Tenho dois blogs e quero saber se você esta interessado (a) em parceria? entra la nos meus blogs responde e os segue também bjinhos:

http://kah-catarina.blogspot.com

http://loucuradeumaadolescente.blogspot.com